RENER – Rede Nacional de Emergência de Radioamadores

A Rede Nacional de Emergência de Radioamadores – RENER foi criada pela Portaria Ministerial MI-302, de 24 de outubro de 2001, publicada no Diário Oficial da União n º 201, Seção I, de 26 de outubro de 2001, com o objetivo de suprir os meios de comunicações usuais, quando os mesmos não puderem ser acionados, em razão de desastre, situação de emergência ou estado de calamidade pública.

O Radioamador, ao longo dos tempos e no mundo todo, tem demonstrado a importância das comunicações, quando chamado para ajudar em situações nas quais o seu serviço humanitário e voluntário seja colocado à disposição das autoridades e em benefício da população.

Países como Estados Unidos da América, Japão, México, Espanha, Colômbia, Argentina, para citar alguns, possuem Redes de Emergência de Radioamadores, integrada com as autoridades competentes, sempre disponíveis e operantes, nas situações de terremotos, inundações, desabamentos, deslizamentos, incêndios florestais, epidemias, furacões, secas, busca e salvamento de aeronaves e embarcações e outras.

O Ministério da Integração, criando a RENER e colocando a Liga de Amadores Brasileiros de Rádio Emissão – LABRE como coordenadora da operação conjunta Defesa Civil e Radioamadores reconhece, oficialmente, o valor do radioamadorismo e dos Radioamadores brasileiros.

Ministério da Integração Nacional
Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil
Liga de Amadores Brasileiros de Rádio Emissão – LABRE
Rede Nacional de Emergência de Radioamadores – RENER
Tel.: (61) 3214-0669
rener@integracao.gov.br

1 comentário a “RENER – Rede Nacional de Emergência de Radioamadores

  1. Rhanane

    Acredito que não é só a interferência provocada por clandestinos, mas de equipamentos fora de padrões de segurança, hoje a grande quantidade de equipamentos sem o controle de qualidade no comércio é um dos responsáveis pela poluição do espectro.

Deixe uma resposta